Artigos

[Artigos][bleft]

Notas Musicais

[Notas Musicais][twocolumns]

Relendo: "Bile Negra", de Alexandre Loch



“Bile Negra” é o primeiro livro do escritor, médico psiquiatra e filósofo Alexandre Loch. Eu li esse livro em meados de janeiro e fevereiro de 2015. O blog estava bem no comecinho e o Loch foi o terceiro autor parceiro.

Esse livro é um dos melhores livros que eu já, tanto que eu o coloquei na lista dos seis melhores livros nacionais que podem mudar a vida de alguém, ou pelo menos fazer um indivíduo enxergar a vida com outros olhos.

Sobre o título da obra: segundo Hipócrates, o pai da medicina, existiam quatro humores básicos na constituição hormonal: fleuma, sangue, bile amarela e bile negra. A melancolia viria dessa desarmonia (ou acúmulo) da bile negra, e é justamente sobre essa desarmonia que discorre o autor.

O livro é uma ficção psiquiátrica dividida em três partes, onde é contada a história de Iago, jovem recém-chegado à cidade grande. Nas três partes, o livro expõe as questões existenciais do Iago se digladiando com seus próprios vazios. Como diz a sinopse, a narrativa conduz o leitor aos cantos mais sombrios da alma.

Esse livro foi publicado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira, da Novo Século Editora, em 2014. É uma grande sessão de terapia, onde o personagem expõe seus medos, suas angústias, suas perturbações. Alexandre, como bom conhecedor da área o escreveu brilhantemente bem, com questões muito bem colocadas.    


“Bile Negra” é um dos melhores livros que já li, primeiro, porque é muito bem escrito, com frases curtas que “facilitam” (reparem nas aspas) a leitura; segundo, porque ele procurar desenvolver em quem o lê uma busca por algo mais, um desejo de conhecer e compreender o ser humano.

A obra está disponível para compra na Amazon, Americanas, Cia. dos Livros, Livraria Cultura

Alexandre A, Loch é médico psiquiatra e filósofo, formado pela Universidade de São Paulo. Procurando melhor entender as angústias dos ser humano, realizou diversos cursos em psicanálise em formou-se também em psicodramatista. Atualmente atende em seu consultório e também trabalha no Hospital das Clínicas, onde coordena a enfermaria de Ansiedade e Depressão e o Grupo de Psicoses. Leitor de grandes obras da literatura mundial desde sua infância e grande interessado em compreender melhor a natureza do homem, traz em Bile Negra uma tentativa de colocar em palavras as diversas formas nas quais a angústia humana se manifesta. Tenta unir arte, conhecimento técnico e vivência pessoal por meio do papel e da caneta.

Curta a página do livro no Facebook e acompanhe o blog do autor
Poste um comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :