Artigos

[Artigos][bleft]

Resenhas

[Resenhas][twocolumns]

Tudo posso se tenho força de vontade!



“Nada existe tão alto que o homem, com força de vontade, não possa apoiar a sua escada” (Friedrich Schiller ). De acordo com o Dicionário Escolar da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Letras, força ​ significa poder físico; energia moral; o esforço para atingir um objetivo. O mesmo dicionário também define vontade ​ como faculdade que tem o homem de querer, de escolher, de praticar certos atos; desejo de algo.

Deste modo, a força de vontade é a capacidade do homem de querer, desejar, escolher e correr atrás de seus sonhos, de seus objetivos. Ainda de acordo com o físico alemão Albert Einstein, vontade (ou força de vontade) é aquilo que gera movimento e nos impulsiona a caminhar em busca dos nossos ideais e objetivos, ainda que possam surgir dificuldades no meio do caminho.

Milhares são os livros existentes no mercado editorial e vídeos motivacionais espalhados pela internet que ensinam a arte de ir atrás daquilo que almejamos. São dicas e conselhos que têm o objetivo de nos conduzir a uma saída. Todo esse material é uma espécie de bússola, possibilitando nos localizar em lugares diferentes e localizando a si mesmo nestes locais.

Livros e vídeos motivacionais são o suficiente? A resposta é simples: não!

É preciso motivar-se a ter força de vontade e sem motivação o indivíduo pode não encontrar as forças necessárias de que precisa para seguir e conquistar seus objetivos. É preciso saber que toda e qualquer mudança pode haver consequências, portanto, se você quer mudar algo em sua vida, procure e estude seu objetivo, segure-se nele firmemente e mude!

Preste atenção nos sinais que estão a sua volta. Veja a si mesmo frente ao espelho e descubra o seu potencial. Atente-se aos detalhes que, significantes ou não, podem dizer muito do caminho que você precisa seguir. Feito isso, motive-se a seguir e mentalize a seguinte frase: tudo posso se tenho força de vontade!

Sucesso!
João Paulo Silva
Poste um comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :