Artigos

[Artigos][bleft]

Resenhas

[Resenhas][twocolumns]

"Atlas de Nuvens" é lançado no Brasil. Viva!


Amigos leitores,


Hoje recebi meu exemplar do livro “Atlas de Nuvens”, do escritor David Mitchell e lançado recentemente pela editora Companhia das Letras. Eu vi o filme “A Viagem” no Netflix, que é uma adaptação do romance, e fiquei boquiaberto. Fiquei tão encantado pelo filme que o vi 04 vezes quase que seguidas e fiquei desesperado para ler o livro. Eu não conhecia o filme e nem o livro, descobri o filme por acaso e já o considero como o melhor filme.


Lançado originalmente no ano 2004, "Cloud Atlas", ou "Atlas de nuvens" em português, romance do escritor inglês David Mitchell, acaba de ser lançado no Brasil pela editora Companhia das Letras. A tradução ficou a cargo de Paulo Henriques Britto.


Vi o anúncio no perfil da Companhia das Letras no Instagram avisando do lançamento do livro no Brasil e imediatamente realizei a compra. O preço é bem salgado, somente com o frete então… “Vendi minha mão” pra pagar (brincadeira rs), mas valeu a pena. Levando em consideração a genialidade do autor, a complexidade da história e o trabalho árduo do Paulo Henrique Britto para traduzir a obra, de certa forma, é um valor justo.


O livro foi adaptado para o cinema sob o título em português de "A Viagem - tudo está conectado", que conta com a participação de Tom Hanks e Halle Berry, em 2012. O filme, disponível no Netflix, exerceu um fascínio ímpar na minha vida.

Foto: Google
De acordo com a revista Super Interessante em um texto de 2012 escrito por Jessica Soares, “Atlas de Nuvens” é um dos livros mais difíceis de se traduzir para o português devido sua grande complexidade com as palavras, além da diferença temporal entre os capítulos que vão desde o século XIX até um futuro pós-apocalíptico.


”Um viajante forçado a atravessar o oceano Pacífico em 1850; um jovem compositor deserdado, conquistando à força de tortuosas invenções um modo de vida precário num solar da Bélgica, entre a Primeira e a Segunda Grande Guerra; uma jornalista com princípios morais na Califórnia do governador Reagan; um editor menor fugindo aos seus credores mafiosos; o testamento de uma «criada de restaurante» geneticamente modificada, ditado na ala da morte; e Zachry, jovem ilhéu do Pacífico que assiste ao crepúsculo da Ciência e da Civilização: são os narradores de “Atlas de Nuvens”, que escutam os ecos uns dos outros através dos corredores da história e vêem os seus destinos alterados de várias maneiras.


Neste que é um dos romances mais importantes da atualidade, David Mitchell combina o gosto pela aventura, o amor pelo quebra-cabeça nabokoviano e o talento para a especulação filosófica e científica na linha de Umberto Eco, Haruki Murakami e Philip K. Dick. Conduzindo o leitor por seis histórias que se conectam no tempo e no espaço — do século XIX no Pacífico ao futuro pós-apocalíptico e tribal no Havaí — Mitchell criou um jogo de matrioskas que explora com maestria questões fundamentais de realidade e identidade.”

O autor.
Foto: Basso Cannarsa / Divulgação

Quanto a obra, comprei direto no site da editora e fiquei surpreso quando vi que o livro vem dentro de uma caixa box. Coisa mais linda! E o filme? Bom, como eu já disse, ele está disponível no Netflix, legendado. Não está dublado para o português, ainda. Se você pretendem assistir o filme deixo aqui uma observação importante:


O filme possui três horas de duração e é bem complexo. As histórias e os personagens mudam, mas os atores são os mesmos e isso pode confundir os mais desatentos. O filme é a introdução de uma obra de grande poder, portanto, assistam o filme, mas leiam o livro. Ou leiam o livro e assistam o filme. Mas prestem atenção nos detalhes. Espero que gostem.


Em breve começo a ler este livro e vou dando algumas dicas aqui no blog, facebook, instagram, twitter, google + e afins. Vejam o trailer do filme:


Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

2 comentários :

  1. como faço pra criar um blog como o teu. eu escrevo no tumblr e etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ninarosaknowles, tudo bem? Bom, esse blog aqui eu contratei os serviços de uma pessoa que fazia. Porém, hoje ele não trabalha mais com o blogger. É fácil! Posso te dar algumas orientações, caso queira. Me chame no Facebook e eu te mostro como: https://www.facebook.com/jpbarueri

      Obrigado pela visita! :-)

      Excluir