Artigos

[Artigos][bleft]

Notas Musicais

[Notas Musicais][twocolumns]

Resenha do Livro "Espelho dos Olhos", de Nicolas Catalano



O livro a que se destina tal resenha merece uma atenção muito especial, pois ele foi construído com muito amor e carinho pelo próprio autor que dedicou e continua dedicando boa parte de sua vida para que o mundo o conheça. Constituído por três partes: “O desdenho", "A adaptação" e “O esclarecimento”, o fio condutor que permeia as três partes é Evangellyne Allins, uma jovem de personalidade forte que luta para sobreviver em um país ditador, onde o que mais importa é a cor... A cor dos olhos.

De acordo com a biografia de Nicolas Catalano, disponível na orelha do próprio livro, o autor sempre sentiu extrema necessidade de criar e expressar histórias aos outros, tendo se dedicado a escrever contos, crônicas e ficções. 

Espelho dos Olhos é uma obra de ficção.

Segundo o dicionário etimológico, o vocábulo ficção vem do latim fictione(m), que por sua vez derivou-se de "fingere", e significa ato ou efeito de fingir, imaginar, simular. Encerra, portanto, a ficção, o próprio núcleo do conceito de Literatura: literatura é ficção. Neste caso, qualquer obra literária (conto, romance, novela, soneto, ode, comédia, tragédia) constitui a expressão dos conteúdos da ficção. Entretanto, empregamos, costumeira e restritivamente, o termo ficção para designar a prosa literária, isto é, a prosa de ficção. Trata-se de um "gênero" literário que apresenta histórias fictícias e fantásticas, cuja fantasia propõe-se a ser plausível, quer em uma época e local distante ou próximo, ou mesmo no aqui e agora.

Como forma de ir além, o autor escreveu Espelho dos Olhos, onde ele pode mostrar a todos a sua grande capacidade com a escrita. Apesar de ser uma obra de ficção, o foco é levar ao público uma boa história para todo mundo ler e fazer com que as pessoas reflitam sobre a vida. 

Mas porque devemos ler Espelhos do Olhos?

É sabido por todos que há um certo preconceito com a literatura brasileira. Há aqueles que insistem em dizer que tudo o que “vem de fora” é ótimo, e que tudo do Brasil é uma porcaria. E isso não é só com livros, mas com a música, com o cinema, etc, mas vamos falar da literatura.

Os escritores nacionais não são reconhecidos. Nossa literatura se restringe à Machado de Assis, Cecília Meireles e outros. Mas não é só isso! Temos MUITOS e muitos outros escritores, que lutam todos os dias para falar sobre todos os assuntos. Não é que a literatura estrangeira é ruim e a literatura brasileira seja boa, a questão é que devemos valorizar aquilo que é produzido aqui dentro e no mundo literário temos muitos escritores talentosíssimos, como o Nicolas.

Obviamente eu li Espelho dos Olhos e, em minha opinião, tem uma história ótima e uma escrita muito boa, que faz você se familiarizar com as palavras e, ao mesmo tempo, é uma leitura fácil, em que você entende tudo que é dito. Basta ler algumas poucas páginas do livro para ficar com os olhos grudados nele. Para quem está acostumado com a literatura estrangeira, pode não sentir muita diferença ao ler Espelho dos Olhos. RECOMENDO! 

Autor: Nicolas Catalano
Editora: Novo Século
Selo: Talentos da Literatura Brasileira
Número de Páginas: 464
Ano: 2015
ISBN: 978-85-428-0564-2
Onde comprar:

Clique na imagem



Poste um comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :