Artigos

[Artigos][bleft]

Notas Musicais

[Notas Musicais][twocolumns]

Doce Heroína



Olá, viajantes! A dica de filme desta semana é aquele tipo de filme que assistimos há tempos atrás e não nos esquecemos. Fica lá, guardado na memória. Não só pelo filme, mas também, por causa da perfeita sintonia dos atores e de cenas marcantes.



O filme "Candy" foi lançado no ano de 2006 e é uma adaptação do romance de Luke Davies: "Candy: A Novel of Love and Addiction". O filme conta a história de dois amantes que se perdem num mundo de luxúria, vício e autodestruição. Um homem que se apaixona por dois tipos de "doces": uma garota chamada Candy e pela heroína, a droga. A narrativa mostra a decadência física e moral dos personagens que vão ficando, cada vez mais, dependentes da droga.

"Candy: A Novel of Love and Addiction"

Candy é uma pintora jovem e talentosa e Dan, um poeta promissor. Ambos são viciados em drogas. Quando se encontram, é amor à primeira vista. No início, sentem como se tivessem encontrado o paraíso. Mas, como em todos os paraísos, também neste há um pecado original: a heroína.

Candy e Dan

Ambos acreditam que a felicidade não tem limites.

Com o decorrer do tempo, percebem que não têm como sobreviver. Candy precisa se prostituir, e Dan não a impede. Eles decidem fortalecer o amor que os une e se casam.

Candy apresenta um desenvolvimento de fatos e circunstâncias compatíveis com os da vida real. O filme foi dirigido por Neil Armfield e tem no elenco: Heath Ledger, Abbie Cornish, Noni Hazelhurst, David Argue, Paul Blackwell, Nathaniel Dean e Geoffrey Rush. Um drama com acontecimentos que causa dano, sofrimento e dor.

O filme é um daqueles que todos os atores e atrizes imploram para fazer, porque possui a capacidade de surpreender o público. É uma grande oportunidade para atores mostrarem que possuem algo mais.  


Assista o trailer do filme:










Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Um comentário :

  1. Achei muito interessante o post e admito que fiquei com bastante vontade de assistir o filme.

    Um abraço
    www.20-primaveras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir