Artigos

[Artigos][bleft]

Resenhas

[Resenhas][twocolumns]

O mistério das Pedras Negras

Cesar Luis, o autor.


As chamadas civilizações andinas sucederam-se em várias fases e áreas, de cerca do quarto milênio antes de Cristo até a conquista do império inca pelos espanhóis, iniciada em 1532. As civilizações andinas ocuparam um território que se estendia do sul da Colômbia ao norte do Chile e noroeste da Argentina, e do litoral às regiões montanhosas, com grande variação climática e geográfica. Sua origem remontaria a um antigo e disperso povo de caçadores. Não chegaram a conhecer a escrita e a roda e dividiram-se em dois grupos: as civilizações pré-incaicas e a inca.

A mais completa de todas as culturas andinas, a civilização inca desenvolveu-se ao longo de cerca de três séculos, a partir de uma pequena tribo que foi aos poucos incorporando militarmente as tribos vizinhas, até chegar ao maior e mais organizado império estabelecido na região.Os incas viveram na região da Cordilheira dos Andes, América do Sul, e fundaram no século XIII a capital do império: a cidade sagrada de Cusco. A sociedade era hierarquizada e formada por: nobres (governantes, chefes militares, juízes e sacerdotes), camada média (funcionários públicos e trabalhadores especializados) e classe mais baixa (artesãos e os camponeses). Esta última camada pagava altos tributos ao rei em mercadorias ou com trabalhos em obras públicas.

Na arquitetura, desenvolveram várias construções com enormes blocos de pedras encaixadas, como templos, casas e palácios. A cidade de Machu Picchu foi descoberta somente em 1911 e revelou toda a eficiente estrutura urbana desta sociedade. A agricultura era extremamente desenvolvida, pois plantavam nos chamados terraços (degraus formados nas costas das montanhas). Plantavam e colhiam feijão, milho (alimento sagrado) e batata. Construíram canais de irrigação, desviando o curso dos rios para as aldeias. A arte destacou-se pela qualidade dos objetos de ouro, prata, tecidos e joias.

Fernando Eastman, Ricoe Lia nunca imaginaram que as rotinas de suas vidas seriam alteradas e, quando menos esperavam, embarcaram em aventura cheia de mistérios, conspirações e intrigas envolvendo uma antiga lenda pré Inca. Uma corrida contra o tempo para revelar a verdade que todos anseiam em descobrir: o mistério da criação da humanidade no planeta Terra.

Um misterioso evento psíquico coletivo em um vilarejo peruano, aos pés da sagrada cidade de Machu Picchu, traz de volta nas mentes das pessoas a crença em Orejona que, segundo uma antiga lenda pré Inca, é a mãe de toda a civilização andina. Os filhos de Orejona prosperavam em perfeita harmonia até serem destruídos por um cataclismo natural – o Dilúvio Universal Bíblico.

Existe uma chave para solucionar este mistério: um livro! É preciso encontrá-lo o quanto antes, mas uma grande rede de Poder tenta impedir que o livro seja encontrado e esses fatos se tornem públicos. Fernando decide se aventurar pelas lindas paisagens do Peru e da Bolívia em busca dessa fonte de incrível conhecimento do resgate de um segredo perdido em favor do crescimento espiritual da humanidade. Um mistério que pode colocar um fim em todo o sofrimento da humanidade.

Manipulação de informações, política internacional, religião, astronomia, vida inteligente em outros planetas, sociedades secretas, projetos secretos de exploração espacial são os principais temas que esperam por você. Por isto, permita-se aventurar junto com Fernando, RicoLia e descubra você também o mistério da criação da humanidade no planeta Terra. Leia “Pedras Negras”, de Cesar Luis.




Acompanhe o autor e sua obra:

Para assistir o trailler do livro, clique AQUI

Para participar do grupo do livro "Pedras Negras" no Facebook, clique AQUI 



Para comprar o livro, basta clicar na imagem abaixo e ir até a página a livraria online da editora do livro:


Poste um comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :