Artigos

[Artigos][bleft]

Notas Musicais

[Notas Musicais][twocolumns]

RESENHA: Presságio - O Assassinato da Freira Nua, de Leonardo Barros.

Clique na imagem e saiba onde comprar o livro.

RESENHA CRÍTICA do livro "Presságio - O Assassinato da Freira Nua"

Barros, Leonardo; Presságio: O Assassinato da Freira Nua. 1ª. ed. Barueri/SP: Novo Século Editora, 2012. 224 p.

CREDENCIAL DO AUTOR

Leonardo Barros é médico e romancista. Autor de cinco romances, trabalhou com os gêneros comédia e erotismo, mas fez sucesso com o gênero suspense, ao lançar o thriller policial "O Maníaco do Circo", um dos e-books mais vendidos do gênero no site Amazon.com.br, por mais de dois anos consecutivos. Sua versão impressa foi lançada pela AllPrint editora e está temporariamente esgotada.
Presságio – O assassinato da Freira Nua é seu segundo suspense policial e foi lançado pela Novo Século Editora (Selo Novos Talentos). Devido ao grande sucesso da obra, junto aos leitores e à crítica, o autor assinou, recentemente, um contrato com a editora e lançará, em breve, um suspense fantástico pelo selo principal da mesma editora. O título da nova obra ainda é um segredo.

RESUMO DA OBRA

O livro inicia-se com uma dedicatória às vítimas de crimes sexuais e aos seus familiares. Esses atos de violência constituem uma parte importante de todos os delitos sérios e podem chegar às formas mais desumanas de assassinato. O crime por prazer constitui casos extremos de sadismo, onde a vítima é assassinada e às vezes mutilada, com o propósito de provocar gratificação sexual ao criminoso, o qual normalmente consegue o orgasmo mais pela violência do que pelo coito.

A trama gira em torno de um grande mistério: o assassinato da freira nua. No capitulo inicial já somos apresentado ao tal mistério. Enquanto aguardavam a perícia, Delegado Matias e o seu companheiro, o Agente Felipe, examinam o corpo da morta que estava com as pernas fechadas e estendidas, a barriga virada para cima, as mãos juntinhas sobre o abdome, cabeça virada para esquerda exibindo os olhos esbugalhados, vômito escorrendo pelo canto da boca, rosto inchado com um corte na testa e pequenas lacerações e hematomas em seu pescoço. Eis o mistério: Quem matou a Irmão Bianca?

É no primeiro capítulo que conhecemos a personagem central da trama, Alice Vegas, e onde surge pela primeira vez o termo clarividência. A clarividência é a visão clara e penetrante das coisas. É a habilidade psíquica ou poder para ver objetos ou visões, ou para obter informação, independentemente da distância. As visões podem ocorrer no futuro e, às vezes, no passado. Clarividência é um termo geral que frequentemente se refere a telepatia, espiritualismo, pesquisa psíquica, visões proféticas e sonhos. 

Há uma busca de ajuda por parte de Alice, detentora do dom, em que ela decide procurar o seu oitavo terapeuta que, cético, não acredita que a jovem possa ter esse dom ou que esse dom possa existir. Talvez sejam alucinações. Ainda no primeiro capítulo temos uma visão geral da análise preliminar da perícia sobre o assassinato da freira nua. Sinais de luta corporal, móveis quebrados: estrangulamento. Inicia-se a investigação.
          
O segundo capítulo prossegue com a investigação policial e conhecemos o principal suspeito pela morte da Freira: Danilo, conhecido como o Beato Judas. Segundo informações de testemunhas, Danilo era  um rapaz esquisito que vivia correndo atrás da freira, sempre disposto a carregar seus livros e há indícios de que ambos tenham tido um caso. Mas, será que é ele o assassino da Irmã Bianca?  

Uma festa à fantasia num apartamento. Uma mulher jovem e morena, de estatura mediana, rosto bonito e de maquiagem pesadíssima, ostentava um cílio postiço e vestia um hábito negro de freira, que lhe cobria todo o corpo chega à festa. A canção "Sweet Dreams", de Marilyn Maison foi o estopim para que a morena misteriosa se desfizesse da capa que lhe cobria as carnes e revelou o corpo escultural quase desnudo. Contemplem a espetacular "Freira Nua"! 

Uma ameaça: "Caia morta, Vívian Montergart!" - ameaçou Geórgia. Bebidas, drogas, troca de olhares, inveja, ódio, um novo assassinato. Está morta! Vívian, a freira nua, está morta! A partir daí a trama se desenvolve em torno das visões de Alice Vegas que a todo custo decide descobrir quem é o assassino serial de freiras. Seria realmente o Beato Judas? Seria  a própria Alice?  

CRÍTICA DO RESENHISTA

Este livro possui um trama totalmente envolvente fazendo com que você  não pare de folhear as páginas em busca do misterioso assassino da freira nua. De um modo geral, o autor demonstra um excelente conhecimento de ficção policial estruturando o livro em torno da ocorrência de um assassinato, das indagações, interrogatórios de testemunhas e, finalmente, da descoberta do criminoso ou criminosa. 

A obra fornece subsídios à nossa imaginação, à medida que somos levados a buscar respostas para as perguntas; que somos levados a criar histórias e possíveis desfechos para o  mistério, aguçando a nossa curiosidade e prendendo a nossa atenção a todos os detalhes e suspeitos. Com sólidos conhecimentos acerca do assunto a que se propôs a escrever, o autor empenham-se em apresentar clara e detalhadamente as circunstâncias e características dos assassinatos e a posição da clarividência sobre os casos.


INDICAÇÕES DO RESENHISTA

A obra tem por objetivo discutir o mistério do assassinato da freira nua e se utiliza de ingredientes sensíveis à curiosidade humana com o intuito de prender a nossa atenção, do começo ao fim. Não se trata de um simples livro de ficção policial e mistério. Se houver alguma coisa simples, este está relacionado a quantidade de páginas, pois, quando chegamos a página 220 (última página), fazemos a pergunta fatal: acabou? Parece pouco, mas o pouco se faz muito quando bem escrito. É de grande auxilio, principalmente, àqueles que se interessam pelo gênero do livro. Super recomendo!


Assista ao Book Trailer  Oficial do livro: "PRESSÁGIO - O ASSASSINATO DA FREIRA NUA"

Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Um comentário :

  1. Esse livro tem chamado bastante minha atenção, gosto de ler resenhas assim como a sua por que já tem uma visão do quanto o livro é bom. E gosto ainda mais de quando o livro não fica só sobre um assunto pré determinado, gosto de saber mais e quando você escreveu: "A obra tem por objetivo discutir o mistério do assassinato da freira nua e se utiliza de ingredientes sensíveis à curiosidade humana com o intuito de prender a nossa atenção, do começo ao fim." Me fez ter vontade de comprá-lo agora! Boa resenha, gostei.

    ResponderExcluir